02
Maio
2023
0
https://www.vittabella.com.br/media/user/images/original/amor-na-quarta-idade-g9.jpg

Amor na quarta idade, com sexo ou sem sexo...

Criado: 02 Maio 2023 | Atualizado: 11 Maio 2023
Tamanho da fonte
pequena
normal
grande
Versão para impressão
imprimir
Por Adriana Mayr

E aí gente, tudo bem? Eu sou a Adriana Mayr, e hoje vou falar sobre um assunto que muita gente acha que não rola na terceira idade: amor e sexo.

O amor é uma necessidade humana universal, e a idade não é uma barreira para sentir e experimentar. No entanto, o amor na quarta idade, definido como a faixa etária acima dos 65 anos, pode ser especialmente estimulante para algumas pessoas. Uma das principais questões que surgem quando se discute o amor na quarta idade é se ele inclui ou não a sexualidade.

O tema "amor na quarta idade" é relevante, precisa ser discutido e compreendido por toda a sociedade. Embora muitas vezes seja ignorado ou minimizado, o desejo sexual não desaparece com o envelhecimento. Pelo contrário, muitas pessoas mais velhas continuam a experimentar uma forte atração física por seus parceiros ou por outras pessoas. No entanto, a sexualidade na quarta idade pode ser complicada por fatores como a saúde física e mental, a perda de um parceiro e a falta de privacidade. Além disso, muitas pessoas mais velhas podem ter gostado em uma época em que a sexualidade era considerada um assunto tabu, o que pode tornar difícil para elas discutir o assunto com seus médicos ou até mesmo com seus próprios parceiros.

O amor na quarta idade não precisa necessariamente incluir sexo. Muitas pessoas mais velhas encontram satisfação em relacionamentos não sexuais, como a amizade, o companheirismo e o apoio mútuo. Esses relacionamentos podem ser especialmente importantes para aqueles que perderam um parceiro ou que enfrentam problemas de saúde ou mobilidade que tornam o sexo difícil ou impossível.

A decisão de inclusão ou não a sexualidade no amor na quarta idade é algo que deve ser deixado à escolha de cada indivíduo. É importante garantir que todos os indivíduos mais velhos sejam encorajados e apoiados em suas escolhas de vida amorosa, independentemente de suas cápsulas ou limitações físicas.

Muitas vezes, a sociedade tende a associar o amor e a sexualidade com a juventude, o que pode levar a uma negligência em relação às necessidades emocionais e físicas dos idosos. No entanto, a verdade é que a necessidade de intimidade e conexão emocional continua existindo em todas as fases da vida. Para muitos idosos, o amor pode ter um significado diferente do que na juventude. É mais comum que o amor na quarta idade seja mais tranquilo e calmo, com um senso de apoio emocional, companheirismo e conforto mútuo. Isso não significa que a paixão e o romance sejam inexistentes, mas sim que eles podem ser vivenciados de maneira diferente.

Um aspecto importante do amor na quarta idade é a sexualidade. Embora muitos possam acreditar que a atividade sexual diminui com a idade, isso não é necessariamente verdade. Na verdade, um estudo da Universidade de Michigan descobriu que mais de 40% dos homens e mulheres com mais de 65 anos eram sexualmente ativos. É importante lembrar que a atividade sexual pode ter muitos benefícios para a saúde física e mental, incluindo redução do estresse, melhoria da autoestima e fortalecimento das emoções.

No entanto, muitos idosos enfrentam desafios em relação à sexualidade, como disfunção erétil, segurança vaginal e perda do interesse sexual. É fundamental que os profissionais de saúde, incluindo psicólogos, estejam atentos a esses problemas e possam oferecer o suporte necessário aos pacientes mais velhos.

A escolha de ter ou não ter uma vida sexual na quarta idade deve ser de cada um. Como psicóloga, eu incentivo meus pacientes a manterem uma vida amorosa saudável e satisfatória, independente da idade. Eu converso sobre as opções disponíveis para quem quer continuar a ter relações sexuais, e dou apoio emocional para quem prefere não ter.

O importante é que todo mundo, independente da idade ou limitação física, se sinta encorajado e apoiado em suas escolhas de vida amorosa. Lembre-se: amor é amor, independente da idade!



O que você achou desta informação?


0

 

Comentários

Faça parte da notícia, deixe seu comentário, expresse sua opinião.
E-mail protegido, também não gostamos de SPAM

Sua mensagem foi enviada com sucesso!
Compartilhar
Whatsapp

Política de Cookies

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies. Política de Cookies